quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Era uma vez...


Um mendigo cego que vivia em um viaduto, ele sempre ganhava esmolas e formas de ajuda das pessoas que por ali passavam diariamente, ele, muito sofrido e já sem forças para falar a mesma frase a todos que passavam, pediu para que seu filho a escrevesse num pedaço de papelão e a deixou do seu lado no chão:
“Nasci cego, uma ajuda pelo amor de Deus!”;
Um belo dia, um jornalista passou por ele, se admirou ao ver aquele homem abatido e visivelmente sofrido, deu uma esmola e seguiu o seu caminho...
Muito tempo depois, o mesmo jornalista passa pelo mesmo lugar e fica inconformado com a situação e sem outros meios para ajudar aquele homem, resolve pegar sua plaquinha e escrever uma frase diferente...
No final daquele mesmo dia ele passa por lá e vê que o ceguinho prosperou de forma absurda! Cheques, dinheiro, comida, roupas novas... O ceguinho vira pra ele e diz:
“Bom homem o que o senhor fez por mim? Eu não enxergo, mas sei que algo de diferente está escrito aqui!”
O jornalista sorrindo responde...
Nada senhor! Apenas reformulei sua frase, dizendo...
“A primavera está por vir, e com certeza eu não poderei contemplar a beleza das flores...”

>>Basta um novo olhar, uma nova idéia para fazer do mínimo, talvez o “máximo”...


sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Enfim...

Hoje acordei pensando...
“Será que sou normal??” O.o
Ou melhor, existo e tenho o direito de me atrever a chegar a pensar na hipótese de ser normal? Hahaha! Eu hein, papo de louco... Mas, como dizem... “De médico e louco, cada um tem um pouco!”
Hoje é sexta feira né? Sexta feira 13... Desde pequena ouço milhares de superstições sobre esse dia, o gato daqui.... Tal espelho de lá... Crendice popular! Mais loucos que eu! Rsrs! Acho que ta na hora de se preocupar sim, mas... Com o futuro, talvez o “gato daqui esteja em extinção”, e olhemos mais pro “tal espelho de lá” quem sabe nos achemos nele... Ultimamente andamos conformados d+ com a realidade, é normal ver filho gritando com pai e quem sabe como punição ser... “Jogado pela janela”... Mas, loucos somos nós que tentamos ver com outros olhos, esse mundo que pra “eles” é normal... Mas, voltando à questão de nós “normais” sermos loucos...
Relaxa! Dias melhores e beeeem diferentes estão por vir! (espero eu!)
E aproveita pra ser diferente.
O quanto vc quiser.
O quanto vc puder.
O quanto lhe convier.

"Somos todos malucos.
Quem não quer ver malucos,
deve quebrar os espelhos"
— Voltaire

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Começando...

Oie... Escrever, escrever, escrever... Seria tão mais fácil se pudesse só "falar, falar, falar..." TOC, TOC, isso aki num pode ser em forma de gravação?? rsrs! =D
Bem,vamos lá... Tô sem inspiração, suuuuper gripada, corpo dolorido, extressada, confusa, pensativa, milhares de informações na mesma cabeça ao mesmo tempo... Mas, sei lá... Creio que eu e o restante do mundo estamos no mesmo barco...Primeira vez que escrevo, até eu esperava algo melhor... Mas, como já disse... "Hoje não dá!" Para não começar mal... Pelo menos algo a se refletir eu deixo...
°°Aproveite enquanto ainda há tempo... Amanhã,dias claros como hoje,poderão não existir mais...°°

Então...
Até "amanhã!".

Jéh Oliveira